História Raça Dorper  
   

texto e fotos: Criatório Dorper Woelewater

     Entre 1930 e 1940, a produção em grande escala de carcaças de ovinos de pobre qualidade na África do Sul, obrigou os criadores de ovinos a procurar uma nova raça de ovinos de corte.
     Em 1942, os criadores sul africanos decidiram desenvolver uma nova raça de ovinos de corte através do cruzamento do Dorset Horn (raça de corte inglesa) e a Ovelha Persa de cabeça negra-Somali (uma ovelha africana do tipo rabo largo/gordo).

Ovelha Persa de cabeça negra (Somali)

     Em 1950, foi fundada a Associação de Criadores da raça Dorper da África do Sul.
     O nome Dorper = Dor (Dorset) + Per (Persa), foi dado à raça resultante deste cruzamento composto pelas duas raças de origem. Durante os últimos 60 anos esta raça foi desenvolvida e tornou-se na maior raça de ovinos na África do Sul.

Reprodutor Dorset Horn  
Características Excepcionais

     Produção de Carne, Adaptabilidade, Rusticidade, Utilização do Pasto, Boas qualidades Maternais e Manejo Fácil.

     1) Produção de Carne

     a) Alta taxa de reprodução:
     (i) O Dorper tem uma longa estação de monta que não é limitado pela sazonalidade

Reprodutores Dorset Horn  

     (ii) Intervalos entre partos de oito meses são possíveis de alcançar
     (iii) A raça é muito fértil
     (iv) Os nascimentos/partos múltiplos são prevalentes. Uma taxa de prolificidade de 150 - 180% pode ser alcançada sob boas condições de manejo.

     b) Ganho de Peso:
     O cordeiro Dorper pode atingir um peso vivo de 36kg ao desmame (3.5-4.5 meses)

Ovelha com parto triplo  

Um cordeiro com 5 meses de idade (50kg) Um cordeiro com 5 meses de idade (55kg)
     c) Qualidade de Carcaça:
     Um cordeiro Dorper bem criado apresenta excelentes qualidades de carcaças em termos de conformação e distribuição da gordura, que lhe conferem uma excelente classificação (segundo o sistema da classificação sul africano).

     2) Adaptabilidade

     O Dorper adapta-se bem a uma variedade de condições climáticas e tipo de paisagem. Originalmente a raça foi desenvolvida para as regiões mais áridas da África do Sul, mas hoje ela está distribuída por todo o país e até já ultrapassou as fronteiras do país e do continente. Hoje encontra-se distribuída por todo o mundo, incluindo a América do Sul, Austrália, Nova Zelândia, Estados Unidos da América, Europa, China, etc.

     3) Rusticidade

     O Dorper é um ovino rústico que pode florescer sob condições de pastagem pobre onde outras raças quase não podem sobreviver e a ovelha Dorper consegue criar um cordeiro de qualidade razoável sob condições de pastagem agrestes.

     4) Utilização da Pastagem

     Uma vez que é um ovino forte e não-seletivo, o Dorper pode ser incorporado num sistema de manejo de pastagens bem planejado, com grandes vantagens.

 
 

     5) Boas Qualidades Maternais

     A Ovelha Dorper produz uma grande quantidade de leite, é institivamente muito ligada ao(s) seu(s) cordeiro(s) e tem a habilidade de cuidar e criar bem as suas crias, quer sejam um ou dois cordeiros.

     6) Manejo Fácil

     O Dorper é um ovino fácil de criar, que requer atenção mínima em termos de trabalho. A sua cobertura, que é uma mistura de lã e pêlo cai naturalmente sem necessitar de tosquia para manter uma aparência agradável. O Dorper tem uma pele espessa que protege os animais sob condições climatéricas adversas e é muito bem paga. O Dorper tem um temperamento tão dócil que dá um enorme prazer trabalhar com esta raça ... ela vai conquistando o seu coração.

 
 
   
 
   
 
 Tel. (18) 3623 2021      Rod. Marechal Rondon, km 537 - Araçatuba SP              
desenvolvido por